quinta-feira, 30 de dezembro de 2010 | By: Jandy

E     aqui     estás
com uma insasiavel vontade de hibernar...
ORA, hibernar pra esquecer, não sei..
quem sabe? Porque, PORQUÊ?
vai saber...
Será o mundo ou somos nós que não sabemos fazer da vida
uma prosa, ou será que não podemos  prosar  a  vida?  Será que a vida tem que ser descrita Ou o fato de viver a vida nos deixa aturdida? Não, aturdida não. A vida jamais deixara aturdido quem gosta da vida, ou... será q a aturdida vida deixara turvo os dias de quem gosta da vida?
Será que nós conseguiremos saber a hora certa?
ORA,    a    hora   certa   de   quê?
PORQUÊ? quem é que quer saber...
Há quem esteja agora num breu da escuridão, sem ver luz, sem ver até o breu que
lhe cerca, sem ver nada.. OU o nada será Tudo? como tudo é nada sem ser o NADA, tudo?
SIM, há o tudo, há o nada.. HÁ os dois juntos, num só.. (confusão de sentimentos)
Há tbm quem esteja agora num mar de rosas, de tapar os olhos pro clarão q de tão distante
se opôs ao breu da escuridão do coitado la de cima..

Se você não tem certeza, se você não sabe ao certo, se você nao está preparado ou se você
sabe com certeza... se voce sabe com certeza, se quer muito, porquê diz-se arrependido?
Será (arre)peRdido a palavra que procuras? ou estais perdido diante do que se encontra agora?          Como      se      encontra    se     estais     perdido?

O  fato  é  que  de tanto querer faltou morrer de amor, de tanto pedir faltou morrer de dôr 
Como pedir DÔR?
Não é a dor que dói, é a dôr que dá  p r a z e r.
Não só pediu essa tal dôr, pediu mais do que isso, pediu tbm não só o amor.
Aliás, AMOR não se pede! Pediu tudo, quis tudo, quis nada..
Mas o amor apenas nasceu, porquê de tanto desejá-lo aos montes de forma
certa ou errada (MAS O DESEJOU) nasceu  então  o  tal  do  AMOR!

Amor com dôr?
AMOR com DÔR não é amor.. Então porque sofres?
Sofres tanto, se não for por amor, porquê essa dôr?
É  que  o  amor  é um segredo que nunca revela a  tal  da  dôr que não dói..

DÁ PRAZER!!!


"Ouve-me, ouve o meu silêncio. O que falo nunca é o que falo e sim outra coisa. Capta essa outra coisa de que na verdade falo porque eu mesma não posso." (Clarice Lispector) 
''Enquanto eu tiver perguntas e não houver respostas... continuarei a escrever''  (Clarice Lispector)

3 comentários:

''Tay' disse...

Oi Jandy, belo texto,
adorei o seu blog, também estou seguindo ^^

bjus =*

Alana Ávila disse...

Jandy :D
conferindo aqui e seguindo
feliz ano novo xuxu!
:****

Jandy disse...

feliz ano novo gatasss!!! *-*

Postar um comentário