quarta-feira, 5 de janeiro de 2011 | By: Jandy

Rosa que da manhã lisonjeada,
púrpuras mil, com ambição dourada
Airosa rompe, arrasta presumida.

 Começa o mundo enfim pela ignorância,
tem qualquer dos bens por natureza
A firmeza somente na incostância...

6 comentários:

J. disse...

Oi minha amiga seu cantinho é um encanto adorei conhecer. Tudo que vc escreve é tão doce transparece que faz com tanto amor!
Estarei sempre aqui

• 'A mєηiηα por trαs da vidrαçα disse...

Olá querida!
É um prazer tê-la Por trás de minha vidraça.
Seja bem-vinda!!!
Te observo daqui ;)
bjs.
Fica com Deus

A menina da vidraça ;*

Lucas disse...

Obrigado por seguir-me =)
Quanto a rosa... hmmm grande problema de hoje em dia... inconstancia das coisas e pessoas... espero que isso não atinja os sentimentos...

Jandy disse...

obrigada amores, sempre ligados!
Grande beijos e mta luz a todos :*

Bruna Borges disse...

Passando p agradecer o carinho dos seus comentários e p beber um gole das suas "Palavras Ditas".
Abraços carinhosos ;)

Anne disse...

Cheguei por aqui tb! ^^

Postar um comentário